terça-feira, 30 de julho de 2013

Objectos Voadores Não Identificados são fotografados no Alentejo em plena luz do dia

Localização - Vidigueira - Alentejo
Data hora - 28/07/2013 - 18:00h, aproximadamente
Testemunha - Sr. Júlio Martins + familiares e amigos

Relato da testemunha...
Estive emigrado mais de 10 anos sem regressar a Portugal para férias, estar junto da família e amigos.
Depois de 10 anos em França onde conheci a minha esposa, casei e hoje pai de dois filhos, programei as férias para estar junto da família e estes conhecerem os meus filhos e os meus filhos os familiares que estão em Portugal.
Após 10 longos e árduos anos longe dos que mais amamos ( família) o reencontro foi algo de maravilhoso e comovente.
Adiante. No dia 28 deste mês de julho estava a passear com os meus filhos pelo campo acompanhado da minha esposa, primos e amigos, mostrando o que conheço do local, ficamos surpresos com uma observação estranha por assim dizer.
Eram umas 18 horas sensivelmente quando a minha esposa aponta o dedo ao céu e pergunta - nos o que eram aquelas esferas voadoras.
Não sei precisar ao certo quantas eram, mas seguramente ultrapassavam meia centena de esferas que voavam rapidamente.
O comportamento destas esferas ou bolas voadoras era inteligente e não de balão ou coisa do género!
Eram muito reluzentes e um dos pormenores que observamos, foi no centro destas bolas existir uma faixa escura parecendo uma luz escura ou algo que rodava em volta destas.
Comentamos as muitas possibilidades do que podia ser mas sem qualquer conclusão prévia para algo que nunca pensei ver na minha vida.
Foi nesse instante que tirei o telemóvel conseguindo realizar uma fotografia do que observamos.



Perante a nossa posição penso que elas se locomoviam de norte para sul.
Recordo do meu primo e cunhado descartarem ser uma largada de balões que é frequente nesta região em momentos comemorativos.
O que não ocorreu na região depois de nos termos informados no café.
Estas esferas voavam bem a cima das árvores e reparei que estavam a voar contra o pouco vento que se fazia sentir.
Nunca acreditei em ovnis mas não penso que seja-mos os único no universo.
Eram grandes e não pequenas como a fotografia mostra.
Só lamento a fotografia não ter mais qualidade para mostrar como realmente eram.
Curiosos resolvemos procurar no dia seguinte informação na internet se mais alguém tinha visto o mesmo que nós para não cairmos na ignorância.
Para surpresa encontramos o vosso site com historias idênticas ao que vimos.
A única diferença do nosso avistamento foi este ser durante a luz do dia.
Balões não são disso ponho as mãos no fogo, conheço muito bem balões e aviões, fui militar da força aérea e conheço muito bem os aviões.
Em frança vivo perto de uma base aérea militar e vejo todos os dias aviões que nem em sonhos portugal algum dia possa vir ter.
Satélites ou detritos não são.
Gostaria de saber o que são aquelas esferas.
Nunca vi nada semelhante na minha vida.
Provavelmente os comentários serão absurdos.
A fotografia pode ser muita coisa para quem não viu o que nós vimos no final de tarde do dia 28 de julho na Vidigueira.
Seguramente será uma observação que ficará comigo para sempre e de todos aqueles que se encontravam presentes.
Éramos mais de 10 testemunhas incluindo as crianças.

                                   Ufo Portugal

Não temos qualquer registo de mais do que uma aeronave sobre a região, lançamento de balões e não existe qualquer referencia a reentrada de lixo espacial.

Imagem com auto-contraste

Pela primeira vez temos imagem de algo realizado ainda durante o dia.
Não sabemos qual a sua origem, podendo inclusive estar em causa um grupo de aves de plumagem branca a reflectir a luz solar.
Mas não estando no local na hora e momento preciso, não podemos afirmar ser ou não aves.
Experiências em fotografia no passado nos mostrou algo semelhante, levando outras entidades a cometer erros de má interpretação.
Mas deduzimos que estas durante a luz diurna são perfeitamente perceptíveis às testemunhas conseguindo identificar estas com alguma facilidade mesmo que estas se encontrem a altitudes elevadas.

Desejando desta forma ao Sr. Júlio Martins, umas excelente férias e que se mantenham atento durante a sua permanencia.

Se observou algo semelhante, obteve foto ou vídeo queira entrar em contacto connosco via e-mail (ufo_portugal@sapo.pt).

terça-feira, 23 de julho de 2013

Aglomerado de luzes sobre Gondomar

Localização - Gondomar
Data hora - 20/07/2013 - 22:40h / 23:00h
Testemunha - Sr. Paulo Bento

Relato da testemunha...
Ola sou de Gondomar e um "estudioso e investigador " pessoal do fenómeno ovni já à umas dezenas de anos e tenho ouvido de testemunhas o relato das famosas luzes anómalas "estrelas "que se movem pelo norte de Portugal principalmente e não só mas com mais insistência . . .
Elas voltaram a sobrevoar Gondomar. .
E que coisa fantástica que espectáculo. .
E por fim chegou a minha vez de ter a experiência de ver o respectivo fenómeno que registei do filme e foto no meu telefone "Samsung note 2" realmente eram cerca de 22:40h que comecei a observar até perto das 23:00h noite clara com grande tecto de visibilidade. .   seguia de carro em Gondomar zona de rio tinto quando num olhar para cima vi um espectáculo que será difícil esquecer pela sua magnitude de grandeza após parar o carro vi a dirigir em minha direcção um aglomerado de estrelas em formação de bomerangue piscavam muito numa cor muito branca fazendo lembrar as séries de luzes de natal de Led branco será muito
Imagem a crédito do Sr. Paulo Bento
difícil avaliar o número de luzes mas eu apontaria aí umas 150 a 200 a altura e distância devido a não haver pontos de referência por ser noite será difícil dizer apesar de eu ter experiência de voo particular mas devido inclusive a ausência de nuvens torna muito difícil mas cálculo que estivessem a 3000 pés passaram sobre mim e com tendência a ganhar altitude quando olho mais para trás vejo uma outra luz igual mas maior a maior velocidade a dirigir-se para o aglomerado de foi essa que mais me chamou atenção apesar de ser igual às outras aparentemente era bem maior e mais rápida a piscar nada que que confunda com o beacon ou strobe ou luzes de navegação associada a qualquer aeronave conhecida, depois de passarem sobre mim subiram enquanto a outra "luz atrasada" se dirigia para as outras que entretanto mais altas pararam de começaram a formar-se numa linha bem mais alongada deixando a formação de bomerangue enquanto a grande foi em direcção a formação do linha e chegando perto e parou ficando aí sem se misturar com as outras sobressaindo como algo que além de igual seria diferente tanto no tamanho e no facto de não se misturar com as outras tudo isto numa atitude de subida que os objectos tinham que devido à essas irritantes luzes amarelas de mercúrio que agora invadem as ruas começou a dificultar a observação dirigindo para outro sítio mais escuro conseguia observar mas estavam a ganhar altura e a dificultar cada vez mais a visibilidade do fenómeno.tenho mais fotos e filmes que fiz do fenómeno para mais informações sobre o sucedido podem contactar o meu Facebook "Paulo Bento "que na realidade o dedico a este tipo de coisa e não só .
E como costumo visitar o vosso site e compartilhar muitos artigos vossos no meu Facebook que os acho bem originais sem empolamentos desde já os parabéns pelo vosso site.

                       Ufo Portugal

De facto o Ufo Portugal, não sabe ao certo o que muitas pessoas estão a observar um pouco por todo o território nacional.
As várias imagens que nos fazem chegar, apresentam todas elas um ou mais conjunto de várias luzes com as mais variadas movimentações.
Alguns entendidos acreditam piamente ser o resultado da largada de balões com led´s, outros descartam essa possibilidade.
Será notório e de referenciar, que algumas pessoas desconheciam por completo a existência destes balões festivos.
Aqui fica um vídeo desses mesmos balões e o resultado destes na atmosfera.
Cabe ás testemunhas analisarem se foi ou não estes balões festivos os responsáveis das suas observações.

                                   


Qualquer das formas, vamos ficar receptiveis a toda a informação que nos queiram fazer chegar sobre os avistamentos, fotos e vídeo que podem ser cruciais a fim de desvendar este mistério.
Mesmo com a existência dos referidos balões, não descartamos a possibilidade de que outras anomalias aéreas tenham ocorrido, como assim foi registado pelo nosso colaborador Carlos Lopes.
Entre balões, céu e aviões algo de anormal continua a sobrevoar Portugal.


De salientar que neste momento decorre o exercício militar Hotblade, que pode gerar alguma confusão.
Para mais informações deste exercicio ( clike ).



segunda-feira, 22 de julho de 2013

Sondas espaciais alienígenas podem estar no nosso Sistema Solar

Sondas alienígenas de mundos distantes já poderiam estar no nosso sistema solar -, mas nós somos apenas muito burro para não conseguir identificá-los.

Esta é, essencialmente, a essência de um estudo de matemáticos da Universidade de Edimburgo, que usado massivamente poderosos computadores para simular uma grande variedade de cenários.

Entre os seus cenários, foi a idéia de que a frota de sondas alienígenas oi-tech invisíveis à nossa tecnologia relativamente primitiva poderia ter explorado a nossa galáxia, usando uma técnica de "estilingue", e as probabilidades, surpreendentemente, não são contra.

Os investigadores disseram que: "sondas interestelares podem realizar manobras estilingue em torno das estrelas que visitam, ganhando um impulso de velocidade, extraindo energia de movimento da estrela ao redor do centro galáctico,".

Voyager sonda espacial da humanidade usa essa mesma técnica estilingue, em vez de estrelas ou seja, as velocidades alcançadas não são tão grandes.

A fim de pesquisar toda a Via Láctea em 10 milhões de anos (não muito em termos de espaço) nossos aliens teria que viajar a 1/10 da velocidade da luz.

Duncan Forgan e Arwen Nicholson sugerem que é perfeitamente possível - e acrescentar que os robôs poderiam "se auto-replicar", re-construir-se a partir de rochas espaciais e poeira.

Então, por que é que nós ainda não as vimos?
Poderia ser porque eles estão muito bem "camuflada" ou, mais provavelmente, porque eles não estão aqui!

Forgan disse: "O fato de que nós não vermos sondas deste tipo faz com que seja difícil acreditar que sondas ou civilizações possam ter existido na Via Láctea nos últimos milhões de anos."

Os resultados mais uma vez destacaram o "Paradoxo de Fermi", que postula: Dado que a tecnologia alienígena tem tido tempo para se desenvolver suficientemente dentro do prazo do universo, por que nós não vimos nada ainda?

Ou, mais simplesmente: Onde está todo o mundo?

Os investigadores também se basearam noutros trabalhos anteriores nas suas descobertas, incluindo um estudo realizado em 1983 pela Nasa, expert Robert Freitas.

Forgan disse: "A sonda camufla-se, de modo a configurar um teste de limiar da tecnologia ou inteligência das espécies receptoras, onde o teste devem ser cumprido antes da espécie é permitido para se comunicar com o dispositivo."

Dr. Anders Sandberg, da Future of Humanity Institute da Universidade de Oxford, tinha uma explicação mais pessimista.

Falando no lançamento do Reino Unido Busca por Inteligência Extraterrestre (SETI), ele conta: "Se a vida ou a inteligência é rara, deve ser de milhões ou bilhões de vezes mais raro, se as sociedades avançadas limpar-se para fora, ou decidir não ir explorar, eles precisam convergir para esse resultado com probabilidade extremamente alta, já que ele só tem um que escapa a este destino para encher o universo. "

Crédito

Dois militares atacados por OVNI sofrem queimaduras

Um caso de ferimentos causados por um OVNI ocorreu no Forte Itaipú, na costa sul do estado de São Paulo (Praia Grande), Brasil.

Dois soldados sofreram queimaduras e não se sabe se foram deliberadamente atacados, ou se meramente sofreram com a radiação não intencional emitida pelo OVNI.
A história, de acordo com as testemunhas:
Às 02h00 da madrugada de 4 de Novembro de 1957, dois guardas que estavam fazendo a sentinela no topo do maior ponto de observação com face ao oceano observaram uma intensa luz alaranjada no céu.
Primeiramente eles pensaram que se tratava de uma estrela com brilho intenso.
Então eles perceberam que era um objeto que estava descendo em alta velocidade, diretamente sobre o forte.
A aproximadamente 300 metros acima deles, o objeto reduziu a velocidade e vagarosamente continuou descendo, sem emitir ruído algum, até que repentinamente parou e pairou no ar a uns 50 metros acima dos soldados.
Nesta altitude, os sentinelas foram capazes de ver o formato do OVNI, o qual foi descrito como sendo circular, tendo o aparente diâmetro de 30 metros e uma luz alaranjada. Os soldados ficaram com medo, e não reagiram.
Eles estavam armados com metralhadoras, mas não passou por suas cabeças atirar ou soar o alarme.
Nessa hora, eles puderam ouvir um zumbido forte, como o de um gerador, que vinha do OVNI. De repente o objeto emitiu para baixo uma enorme onda de calor, a qual atingiu os dois soldados.
A onda veio com grande intensidade, mas nenhuma chama ou facho de luz foi visível.
Seus uniformes pegaram fogo e um dos soldados, impactado pelo intenso calor, desmaiou.
O outro soldado, gritando de dor e medo, se jogou ao solo e rastejou até um despenhadeiro procurando por abrigo.
Os gritos acordaram os outros soldados, mas antes de que qualquer um deles pudesse vir até a área, todas as luzes do forte haviam se apagado.
Somente um moderado calor havia penetrado no interior do forte, mas isto, junto com a escuridão total, foi suficiente para causar pânico.
Após três minutos aproximadamente, o calor desapareceu e momentos mais tarde a eletricidade retornou. Alguns soldados correram para seus postos e muitos relataram ter visto um OVNI brilhante se distanciando e desaparecendo nas alturas para dentro do céu noturno.
Em estado de choque, os dois homens foram trazidos para dentro do forte com queimaduras de primeiro e segundo graus em mais de 10% de seus corpos e receberam tratamento médico.
Após, o comandante do forte enviou um comunicado urgente para o quartel general do exército. Consequentemente a Força Aérea foi colocada em alerta total e patrulhou a região.
O forte foi então fechado e colocado sob investigação pelo governo brasileiro.
itaipuBrasil-OVNI ataque Já que se sabia que os Estados Unidos possuía maior conhecimento a respeito de OVNIs, as altas autoridades brasileiras pediram assistência para a embaixada daquele país nas suas investigações.
Quase imediatamente oficiais do Exército Brasileiro e da Força Aérea dos EUA voaram até ao forte, acompanhados de pesquisadores da Força Aérea Brasileira.
O resultado da investigação não foi tornado público.
Apesar de estarem seriamente queimados, os sentinelas foram capazes de falar a dados momentos.
O caso do Forte Itaipú foi mantido em segredo por um longo período.
Até hoje, não houve uma explicação oficial para o caso.
Na época, um oficial da FAA, buscando a razão que levou o OVNI a atacar os sentinelas, lembrou-se de um relatório do Projeto Sign, no qual membros disseram acreditar que uma raça avançada esteve observando a Terra. Sobre o caso, ele afirmou:
“Tal civilização pôde ver que na Terra possuímos bombas atómicas e que estamos rapidamente melhorando nossos foguetes.
Dada a história da humanidade – guerras frequentes as quais mostram uma raça humana beligerante – eles devem ter ficados alarmados.
Deveríamos assim esperar, especialmente nestes tempos, receber tais visitas.
De acordo com isto, o objetivo principal dos alienígenas seria o de vigiar nossos avanços no espaço, temendo que nos tornemos uma ameaça para outros planetas.
Se esta hipótese for verdadeira, ela poderia ser expandida para ligar o lançamento dos Sputniks com o ataque ao Forte Itaipú.
Porém, isto pareceu ser algo absurdo para todos os investigadores.
Isto significaria que os alienígenas estariam preocupados com nossos primeiros passos no espaço, e com pequenas naves tão primitivas que podem ser comparadas a pequenas canoas ao lado de navios transatlânticos.
Isto também significaria que aquelas queimaduras tiveram o propósito de demonstrar as armas superiores que eles poderiam usar contra exploradores agressivos vindos da Terra.
Porém, ainda estamos longe de um voo espacial pilotado, mesmo até a Lua.
De acordo com a lógica humana, não seríamos capazes de ameaçar uma espaçonave superior – não agora, nem mais tarde.”
Foi escrito um documento na Embaixada do Brasil nos Estados Unidos, o qual relata a história apresentada acima:
Apesar de nunca ter sido dada uma explicação oficial ao caso do Forte Itaipú, devido ao número de pessoas que testemunhou o caso, ele é comprovação documentada de que há sim outras inteligências visitando a Terra.
Nosso planeta possui um histórico rico em avistamentos e contatos com OVNIs, mas infelizmente estes são rapidamente descartados pelos céticos de plantão e pelos ‘professores da impossibilidade’, pois é muito mais fácil e cómodo simplesmente negar algo, do que ter o trabalho de pesquisar e correr o risco de se deparar com a verdade.

Crédito - boainformacao.com.br

Mais luzes anómalas observadas e registadas a Norte de Portugal

Localização - Vila do Conde
Data hora - 20 de Julho, 00:00h aproximadamente
Testemunha - Srª. Ana Faria

Relato da testemunha...
Tenho lido e ouvido uma série de relatos sobre ovnis que têm aparecido a Norte de Portugal (e não só) e decidi relatar algo que, primeiramente foi visto pelo meu primo (dia 7 de Julho 2013) e de seguida relatarei o que vi na noite  (20 de Julho 2013) pelas 00h.

Vou colocar aquilo que o meu primo me disse sobre a foto (que envio em anexo).

"Eram dezenas que pareciam estrelas, coisa muito estranha, dezenas delas todas juntas e muito distantes e quatro maiores, conservando sempre a mesma distância"

"Na foto só consegui apanhar três e das maiores"

" Estávamos cerca de 15 pessoas, numa festa ao ar livre.
Que foi muito estranho lá isso foi, há quem se tenha assustado e bastante"

" Aqui (na foto) parecem planetas, mas eram cintilantes"


Inicialmente, quando vi a imagem no facebook dele e sem qualquer tipo de informação, apenas a legenda "ALGO ESTRANHO APARECEU NO CÉU ESTA NOITE", pensei que se tratasse de sujidade na lente da máquina, pois é o que parece à primeira vista. Contudo, ele viu isto a olho nu (daí ter fotografado) e com ele mais uma quantidade de pessoas presentes.
Isto foi visto no Marquês, no Porto.

Ontem 20 de Julho foi a minha vez de ver, era quase 00h e estava em Vila do Conde (Azurara).
Ia a caminho de um bar quando olhei para o céu e foi quando vi duas esferas.
Pedi logo que parassem o carro e sai para ver se seria o mesmo que o meu primo viu.
Pareceu-me de facto ser.
O que eu vi eram duas esferas que se moviam lentamente e, quando atentamente observadas, apercebi-me que tinha dezenas e dezenas de outras em volta dessas duas maiores, mas muito mais pequenas, faziam-me lembrar algo como purpurina (não sei explicar melhor).

Também essas pequeninas se moviam juntamente com as grandes e sempre em torno das mesmas.
Olhando ainda melhor para as esferas, percebi que aquilo parecia ser um conjunto das mais pequenas, como se essas mais pequenas se tivessem aglomerado dando forma a uma esfera.
Acabei por voltar para o carro e ir embora.
Quando cheguei ao bar, ainda na Vila, já não conseguia ver, até porque aquilo se ia afastando já na altura em que paramos para ver.

Tentei tirar fotos com o meu telemóvel, mas a qualidade não permitiu registar nada.

Sabem o que poderá ser?
Já li alguns relatos recentes no vosso blog e alguns assemelham-se ao que eu ontem vi.

Grata pela atenção

                                  Ufo Portugal

Será de referenciar que no mesmo dia pela mesma hora, num outro ponto de Vila do Conde, outras testemunhas manifestavam o mesmo fenómeno.

Relato - "Estou a contactar porque ontem, dia 20 de julho, por volta da meia noite, recebi um telefonema de uma amiga a dizer que a filha lhe tinha ligado a contar que viu o mesmo aglomerado de luzes a piscar no céu que eu tinha visto em Fafe no dia 6 de julho. A filha estava e ainda está, no parque de campismo "Árvore" em Vila do Conde. Ela tem 12 anos e está com familiares, segundo o que ela contou à mãe muitas mais pessoas no parque viram o fenómeno. Penso que podiam investigar. São já muitos dias seguidos a ter avistamentos e todos queremos saber o que são".


Após tratamento de imagem, é-nos possível observar com mais pormenores os referidos 3 objectos.
A foto terá sido realizada com um equipamento de baixa resolução e sem estar ativado para modo noturno, pelo que se pode constatar através da imagem.
Porem podemos observar que outros objetos surgem a cima dos 3 pontos iniciais.

sábado, 20 de julho de 2013

Avistamento em Ponta Delgada Ilha de S.Miguel "Açores"

Localização - Ponta Delgada
Data hora - 22/06/2013 - 22:00h aproximadamente
Testemunha - Sr. Daniel Rafael

Relato da testemunha...

No dia 22 de Junho  por voltas das 22 horas deparei me com uma luz laranja no céu muito homogénea, digamos assim, que se movia de Leste para Oeste sensivelmente e inicialmente pois acabou por rodar para Sul/ Sudoeste.
Não seria um avião pois a distancia que me encontrava dava para ver perfeitamente e alias os aviões fazem barulho e as luzes piscam, e como esta luz se encontrava abaixo das nuvens se fosse avião seria de fácil identificação.
Também não é Satélites nem uma estrela cadente pois Satélites na se vê com o céu relativamente nublado nem aquela altitude, e alias como ando no mar durante a noite estou farto de saber o que é um Satélite, e estrelas cadentes que deixam rasto.
Este avistamento durou cerca de 4 minutos e foi em Ponta delgada ilha de S.Miguel Açores.
Curioso é que 6 dias depois sensivelmente à mesma hora, segundo me contaram, essa mesma luz foi avistada também na ilha do Faial.

Fica aqui o meu relato.


Vídeo gentilmente enviado pelo Sr. Daniel Rafel, retrata uma segunda observação realizada na ilha do Faial por um amigo em que ambos os avistamentos perante as testemunha são idênticos.
Vídeo elaborado a 28 de Junho de 2013 pelas 22:00h.

Infelizmente através do Stellarium não nos foi possível determinar se perante data e hora, este poderia ser Satélite ou mesmo a Estação Espacial Internacional ISS.
Será de abreviar que perante a descrição elaborada pelo Sr Daniel, o céu se encontrava ligeiramente nublado, o que à partida retira muitas possibilidade de observação de Satélites, sendo a testemunha conhecedora dos mesmos.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Avistamento em Lisboa

Localização - Lisboa
Data hora - 17/07/2013 - 01:30h
Testemunha - Anónimo


Relato da testemunha...
Ontem à noite por volta da 1h30 (17/07/2013 no meu prédio em Lisboa, verifiquei que havia um corpo muito brilhante no céu, estático, aproximadamente a SO em que variava a intensidade do brilho e a cor que ela emanava, passando de um vermelho carregado vivo, branco, azul e amarelo.

Pensei até que essas cores pudessem ser a desfragmentação da luz, mesmo estando o céu limpo, a luz das estrelas sofrem essa mesma desfragmentação por diversas razões da nossa atmosfera.
Comparei, com outras estrelas, podendo observar a magnitude e o brilho delas, que nada tinham de comparável, o objecto em questão parecia tão estável quanto as estrelas. Acordo o meu irmão no sentido de averiguar se efectivamente eu estaria a ver o que estava a ver, o que ele também viu, de forma muito similar à minha.
Fui buscar dois binóculos para uma melhor observação, mas de pouco adiantava, um não tinha foco suficiente, outro embora tivesse como sempre tremi das mãos era difícil alguma avaliação. não via mais do que uma luz tremula que brilhava da mesma forma que evoquei.
Passa o tempo, julgo que aquilo seria uma estrela, e entediado vou ler um livro... quando para me deitar, por descargo de consciência verifico se o objecto ainda se encontra, (isto num espaço de 30 minutos), julgando que ia ver as estrelas e o objecto um pouco deslocados devido à movimentação da nossa terra... pois bem, devia ter perdido a melhor parte porque as estrelas com que tinha comparado estavam no céu, já o referido objecto não estava no céu.

Eu vivo ao pé do aeroporto, por isso creio que sei distinguir aviões helicópteros e afins, se me pedirem só pelo som destingir os kamov de algo diferente eu distingo.
Falando em som, não havia nenhum, entretanto se fosse avião, ou helicóptero, não ficaria o objecto estático a brilhar.
Verifiquei em programas de astronomia se podia ser um objecto astronómico, - tenho esse bichinho - não vi esse objecto que inicialmente julgava ser uma estrela nesse programa, entretanto, outras estrelas cujo objecto tinha comparado a elas, estavam.

Pode até não ser nada, não sei o que vi, entretanto deixo este documento no sentido de auxiliar a vossa organização caso recebam outros relatos idênticos.

                                         Ufo Portugal

Não sabemos ao certo o que a testemunha obsevou.
Porem a hora mencionada, as estrelas que mais se destacavam seriam "Antares e Arcturus".
Não poderemos dizer se confundiu estas ou observou algo mais do que corpos celestes!


Quanto a registo de voos, na hora mencionada não existe registo de aeronaves civis sob Lisboa.


A única aeronave que se encontrava nas proximidades perante a descrição seria o Boeing 737 da Thomoson Airways.
Porem este passava muito afastado do  ponto de observação, como o tempo de deslocação não coincideria com o tempo de observação avançado pela testemunha.

Sobre Lisboa, aeronaves e OVNIs.
Recentemente recebemos a informação de uma fonte fidedigno para com o Ufo Portugal.
Algo despertou atenção dos controladores aéreos.
E não nos passou ao lado.

"""Estou a monitorizar Lisboa Approach (119.10) e neste momento o TAP542 a sobrevoar a zona do Barreiro, reporta "tráfego desconhecido às 12:00". 
O operador de Radar não o tem no monitor e está a pedir a outras aeronaves que o identifiquem. 
Todos reportam o mesmo. Não tem contacto visual mas aparece na instrumentação a indicação de tráfego naquela posição...
UPDATE: EZY172E reporta tráfego 1000 pés abaixo na barra do Tejo! Operador de Radar reporta zero tráfego!!!
O mais estranho é que o Operador está a DESVIAR TRÁFEGO da zona dos avistamentos! 
Mas ninguém está a assumir nada e aposto que não haverá relatório.
O tráfego continua a ser reportado na área. 
Desta vez o TAP51B reporta a 1 milha do Aeroporto (Norte - Alenquer).
BAW500 e KLM1695 avisados que há tráfego reportado, agora na zona NORTE (Alenquer) mas operador afirma que não tem nada no Radar"""

Recentemente, ocorreu o mesmo a Norte de Portugal, onde piloto e Torre de controlo comunicam a observação de um Objecto Voador Não Identificado.
Um assunto que será avançado na conclusão das recentes observações realizadas em Portugal.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

16 de Julho Esferas de luz sobrevoam a região de Ourém e Areias - Ferreira do Zêzere

Às 22h58, foi observado a cerca de 3 km de distância a Norte-Oeste de Gontijas - Ferreira do Zêzere, uma luz intensa da qual surgiu vários objectos de cor laranja em forma de esfera, dos quais 3 se dirigiram de imediato ao solo, na zona da freguesia de Areias. Os restantes objectos ficaram estacionários, deixando de ser observados gradualmente à medida que se iam tornando invisíveis. Ao total esta observação durou 15 segundos.
Após investigação comparando com vários pontos de referência, os objectos esféricos, tinham diâmetros entre 20 a 50 metros e estavam a uma altitude de 300 metros.
2 minutos após esta observação, foi observado vários objectos em formação linear "vindos do nada" , semelhantes aos objectos observados posteriormente, a Oeste se dirigindo para Norte. Os objectos deixaram de ser observados, após cerca de 6 segundos, desapareceram, se tornando invisíveis. Estes objectos estavam a uma altitude de 1000 a 1500 metros e uma distância estimativa de 20 a 25 km.
Logo após estas observações, foi ressentido por 4 vezes tremores no solo prolongados de pouca intensidade mas bem perceptíveis pelo o som.

Esta fotografia da zona de observação à escala real indica o posicionamento do objecto do dia 03, assim como os dos objectos observados esta noite. Tudo está representado à escala de tamanho real.



O video dos objectos, não apresenta os objectos a irem ao solo, apenas os objectos em voo estacionário

Video original

Video com o tamanho real


Segue o relato de um observador "anonimo", que comentou numa mensagem a observação dos segundos objectos às 23h00.

Hoje eram aí 23 horas dirigia-me na A1 de sul para norte, quando na zona entre a área de serviço se Santarém e o acesso a A23 deparei me com um piscar de luzes mesmo na minha frente durante 10 segundos, fazendo o diâmetro redondo, piscando um luz de cada vez, achei estranho, mas de facto parecia algo redondo e gigante em movimento, não consegui filmar nem tirar fotos foi tudo muito rápido, fica aqui o relato se mais algo estranho avistado nos céus de Portugal


Investigação de campo na zona de Areias / Pereiro / Vila Verde, do dia 17 a 19 de Julho


Eu própriorastreei grande parte da zona florestal em Areias, e Pereiro, mas sem resultado.
Após a observação não houve qualquer tipo de incêndio ou de impacto.
No momento da observação, em toda a região, os animais ( cães ), não pararam de uivar e ladrar, mesmo durante os momentos dos tremores.

Areias e Vila VerdeOs madeireiros que se encontram na zona da observação, relataram, que não observaram nada de anormal, na zona florestal. Não encontraram vestígios de incêndio, crateras, marcas no solo ou árvores derrubadas recentemente, no dia seguinte. 


Areias. Os habitantes da única habitação que se encontra na zona da observação, não observaram os objectos, estando eles nesse momento a ver televisão, apenas ouviram os cães em alvoroço, mas sem dar importância. Não registaram qualquer tipo de interferência na rede eléctrica ou na transmissão televisiva por via satélite. Não sentiram qualquer tremor no solo. Apenas relataram que no dia seguinte observaram 2 helicópteros  um deles da protecção civil e outro que apenas puderam identificar como sendo de cor negra mate, estilo Bell 206, a sobrevoar a zona da observação. 


Pereiro. Não houve qualquer observação por parte das pessoas questionadas, incluindo um café que esteve aberto até ás 02h00, na noite da observação.




Se observou algo na noite de 16 de Julho , queira entrar em contacto com Ufo Portugal ufo_portugal@sapo.pt

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Movimentação de luzes anómalas em Viseu

Localização - Viseu 
Data hora - 13/07/2013 - 23:30/45h
Testemunha - Srª. Ana Bonito

Segue o relato da testemunha...
No passado sábado, dia 13 de Julho, por volta das 23.30/23.45h encontrava-me na rua acompanhada quando no céu vimos milhares de pequenas luzes cintilantes com sentido Norte-Sul.
O conjunto era composto por uma mancha principal, de grande extensão e considerável largura e posteriormente uma fileira de luzes, todas elas cintilantes, vulgo pisca-pisca.
Não eram de grande dimensão.
Moviam-se a uma velocidade considerável, comparativamente a aviões, mais rápido, com trajectória certa e recta até ao ponto, mais a sul em que iniciou uma trajectória curva.
No aglomerado principal, composto por milhares destes objectos, era notória uma organização, em trajectória controlada, e em determinados momentos avistaram-se alguns objectos a abandonar temporariamente a formação, com vôo mais errático,  posteriormente aproximando-se novamente do aglomerado, em velocidade superior ao deslocamento deste.
Na cauda, conforme disse anteriormente, seguiam centenas de luzes, com trajectória certa, ordeira e com velocidade constante, em "fila-indiana" não sendo observado qualquer abandono à formação.
O fenómeno foi observado por uns 10/15 minutos até que deixaram de ser distinguíveis luzes isoladas, passado a ser uma massa difusa de luz até que esta desapareceu. Entenda-se que a mancha difusa se deve à distância até ao ponto em que estávamos.
Li, obviamente, alguns relatos de situações semelhantes nas ultimas semanas, concentradas maioritariamente na zona do Porto e uma tentativa de explicação que deito já por terra.
Não eram balões com led's, como muitos insistem em dizer.
É impossível, balões com led's, libertados ao mesmo tempo, terem aquele tipo de deslocação, organização, visibilidade e velocidade.

                                  Ufo Portugal

Se observou algo semelhante, queira entrar em contacto com ufo_portugal@sapo.pt

As ultimas observações realizadas em território nacional que referem um ou mais conjunto de luzes, se assemelham ao que os nossos amigos no México denominam de ( Flotillas Voladoras ).
Um conjunto de luzes que se movimentam de forma ordeira da qual cientificamente não existe uma explicação, como algo cientifico ou paranormal.
Embora alguns investigadores identifiquem estes como possíveis sondas de origem não terrestre.


Desta forma, vamos continuar vigilantes sobre este fenómeno em Portugal.
Apelamos a quem tiver vídeos ou fotos do fenómeno que nos enviem de forma a partilhar as imagens para com o público.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Centenas de OVNIs avistados em Portugal


Desde o final do mês de Junho que várias pessoas afirmam ter visto vários OVNIs em diferentes partes do País.

Carlos Lopes, colaborador do blogue UFO Portugal contou ao CM que os avistamentos de OVNIs começaram no dia 29 de Junho e que desde então já houve centenas de relatos de avistamentos em várias zonas do País.

O blogue para o qual colabora, diz que no mesmo dia foram vistos Ovni em Ourém, Matosinhos, Leiria e Peniche.
"O objeto voador estava a apenas 15 km de distância e consegui vê-lo bem."
As imagens foram registadas pelo próprio no dia 3 de Julho e dão conta de um OVET (Objeto Voador Extraterrestre) e não de um OVNI (Objeto Voador Não Identificado).
"Um ovni não é uma nave extraterrestre.
Como o nome indica é um objeto voador não identificado, não é necessariamente de outro planeta.
Mas no caso dos OVET é diferente.
E é isso que mostra o vídeo.

Aquilo não era um avião", afirma Carlos Lopes.
Quanto ao avistamento de Bruno Santana em Leiria, Carlos afirma que terá sido também um OVET devido à descrição feita pelo jovem.

Clique para saber mais sobre o avistamento em Leiria.

Por: Mariana Paiva (CM)

                                                 Ufo Portugal
                                                   Vídeo elaborado por Carlos Lopes...

A comunicação social, finalmente despertou para este assunto após intervenção e correção da informação por parte do Carlos Lopes.
As investigações continuam em andamento como também a recepção de relatos enviados pelas muitas testemunhas espalhadas de Norte a Sul do país.

Será de salientar que está excluído a possibilidade de balões chineses pelo simples facto destes serem proibidos em Portugal pela "Lei do Fogo de Artificio".

Segue o vídeo enviado gentilmente pelo Sr. Márcio Monteiro, que nos mostra admiração das testemunhas, quando observam o fenómeno que ocorreu na noite 6 de Julho.


Não nos sendo perceptível as imagens devido a serem realizadas por um equipamento móvel, será notório admiração criada pelas testemunhas para algo que desconhecem.

Para acompanhar outras ocorrências em território nacional clique em ( Relatos Nacionais ).

Após esta noticia no CM que o Ufo Portugal, não tem mãos a medir com os muitos relatos que as testemunhas nos fazem chegar via e-mail ( ufo_portugal@sapo.pt ).

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Seis ovnis avistados em Leiria - Noticia Correio da Manhã

Jovem de Leiria avistou na quarta-feira à noite pelo menos seis ovnis, durante um passeio com a família.
Bruno Santana foi apanhado de surpresa. Durante um passeio com a família na quarta-feira à noite. O jovem de 27 anos contou ao ‘Diário de Leiria' que "pareceu estarmos a ver uma estrela muito brilhante, mas aquilo não era uma estrela. Era diferente de qualquer tipo de avião ou do que quer que seja. Tinha uma cor laranja com uma áurea branca e não se deslocava, estava estática no céu".
Já uma semana antes, Bruno garante que tinha avistado outro ovni no mesmo local.


Video em http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/seis-ovnis-avistados-em-leiria


O ufoPortugal vai continuar a pesquisar sobre este caso

domingo, 7 de julho de 2013

O regresso das luzes anómalas na noite do dia 6 e 7 de Julho no Porto e Lisboa

Após muitos testemunhos de observações de objectos não identificados, registados em diversos pontos do país no dia 29 e 30 de Junho, um grande objecto de origem não terrestre no dia 03 de Julho, assim como outras observações registadas, foram observados de novo, no dia 06 de Julho, os mesmos objectos semelhantes na região do Porto e Lisboa, aos do dia 29 e 30 de Junho.
Estas observações devem-se ao facto é fim de semana e as pessoas podem passar mais tempo a observar, mas estas observações não pararam apenas no dia 6 e 7, ainda continuam, pelos objectos que foram e continuam a ser observados juntamente com esta formação de objectos. Existe ainda alguns objectos estacionários a grande altitude, assim como 2 a 3 aeronaves sobre 7 que sobrevoam diariamente o território nacional vindas de vários destinos, para Norte. O objecto de grande porte, foi revisto desta vez no Porto no dia 06, no dia 04 houve flashs semelhantes, mas no oceano, ao largo da costa portuguesa.

                    Mapa do dia 29 e 30.06.2013                   Mapa das observações desde o dia 
                                                                                 03.07.2013




Segue o relato das testemunhas:

Relato do Sr. Mário no Porto


No dia 6 de Julho de 2013 também testemunhei o referido fenómeno, por volta das 23h30, no Porto, onde resido.
Como estava muito calor, fui até à varanda e deparo-me com um aglomerado de luzes no céu, todas da mesma cor, que diria branca. Estas moviam-se a uma velocidade constante, semelhante à velocidade de um avião que se observa a grande altitude, no sentido nordeste/sudoeste.
No entanto essas luzes possuíam características para as quais não encontro explicação. Passo a descrever:
À frente deslocava-se um “objecto” de grandes dimensões (cerca de dez vezes o tamanho que se observa a lua a olho nu) composto por centenas de luzes, as quais não tinham forma uniforme, eram pequenas, ténues, e cintilavam duma maneira que parecia formar padrões, ou seja, não cintilavam todas ao mesmo ritmo.
Atrás desse objecto deslocavam-se outras luzes, cerca de meia dúzia (não contei), a curta distância daquele, e a curta distância umas das outras, mas estas luzes eram diferentes das que compunham o “objecto” – eram maiores, mais intensas e não cintilavam. Na minha interpretação diria que estas luzes pareciam escoltar o “objecto”.
Observei este fenómeno aproximadamente por 1, 2 minutos (é difícil precisar), após o que as luzes se foram afastando, até deixarem de ser visíveis.
Não me recordo de ter ouvido qualquer som ou de qualquer outro facto relevante.
Na altura da observação encontrava-me sozinho.



Relato da Sra. Cristina Costa em Fafe

Boa tarde. Chamo-me Cristina Costa e ontem, por volta da meia noite, olhei para o céu e vi um enorme aglomerado de estrelas em movimento. Fiquei estupefacta com o que estava a ver!!! Tinha ido ao café com o meu marido, que também presenciou o fenómeno. O café situasse junto à igreja Matriz de Fafe,  estávamos na esplanada com os amigos e quando nos despedimos deles, para regressar a casa, olhei para a o céu e vi uma grande extensão de estrelas a piscarem muito e a movimentarem-se em conjunto, como se fossem um bando de pássaros a percorrer o céu mas em forma de luzes, das que se usam nas árvores de Natal. Disse ao meu marido para olhar para o céu e ele ficou igualmente pasmado com o espectáculo  Não conseguia tirar os olhos do céu e aquele enorme aglomerado de estrelas avançava lentamente, sem parar por entre todas as outras estrelas do céu que continuavam, como é normal, estáticas a brilhar. Quando olhamos em redor apercebemo-nos que outras pessoas que estavam igualmente na esplanada do café, também apontavam para o céu, por isso este fenómeno foi visto por muitas mais pessoas de Fafe. O meu marido, incrédulo com o que via, procurou um lugar com menos luz dos candeeiros, de forma a ver melhor as estrelas, e acabou por encontrar outro senhor que se juntou a ele na observação do fenómeno. O senhor também disse que nunca tinha visto nada assim e que pareciam mesmo as luzes que se utilizam nas árvores de Natal, as chamadas “Bago de arroz”. Pelo que pude ver pela minha pesquisa hoje na internet, já mais pessoas avistaram este fenómeno noutros pontos do país e em datas anteriores!! Gostaria de saber que explicação tem.Obrigado


Relato do Sr. Victor Redondo em Cascais

Hi my name is Victor Redondo, I live in Quinta da Marinha, Cascais. Me and my friend where just in the garden and we saw about thousands of lights in the sky blinking really past, there is no way that it could have been airplanes or anything they were in a group and after about a minute they started to go away as if they were travelling. I am emailing you as I saw your blog. My friend and I arent the only ones who saw them, his brother did as well and he filmed it but it is really bad quality.

Victor

Oi meu nome é Victor Redondo, moro na Quinta da Marinha, Cascais. Eu e meu amigo, estávamos no jardim e vimos milhares de luzes no céu piscando passado, não há nenhuma maneira que ele poderia ter sido aviões ou qualquer coisa que eles estavam em um grupo e depois de cerca de um minuto começaram a ir embora como se eles estivessem viajando. Estou enviando-lhe que eu vi o seu blog. Meu amigo e eu Arent os únicos que os viam, seu irmão viu tão bem e ele filmou isso, mas é realmente má qualidade.

Victor (google translate)

Segue o video


OFAE Gontijas -Ferreira do Zêzere
Carlos Lopes

Durante a vigília que decorreu das 21h30 ás 02h00 ( Opération Suricate ), foi observado um objecto ás 00h19, que se dirigiu de Oeste para Norte-Este, emitindo uma série de flashs pulsantes e ocasionalmente flashs vivos, deixou de ser observado em direcção ao espaço. Durante toda a vigília foi possível observar flash ocasionais de mesma aparência aos do dia 29 de Junho, mas sem observação de objectos. Foi também observado com binóculos, 2 objectos a grande altitude em formação, mas não foi possível gravar, derivado á distância, ás 21h53.

Video do objecto




Relato do Sr. Miguel em Paranhos - Porto

Apercebido hoje, 7 de julho cerca de 1:50 da madrugada (gravação video ainda tenho de confirmar se apanhou algo) Porto/Paranhos/jardim de arca de àgua, apercebida (por acaso quando se encontrava às 10 horas de elevação, cessou após uma dúzia de minutos.
Descrição detalhada do "ovni" um aglomerado quase oval de pontos cintilantes que teria cerca de ... 5 graus de comprimento e 2 de largura, brilho bastante forte, comparável a estrelas de magnitude maior ou até planetas.
deslocação este oeste a 5/10 graus a sul

Hipótese de chuva de meteoritos afastada pelo seguinte:
1. Apesar de apenas ter sido uma duzia de minutos os objectos percorreram quase 45 graus de arco na direcção leste oeste (aproximada) a sul do porto
2. a nuvem cintilante era perseguida por 4 luzes distintas compatíveis com aviões clássicos
3. quando chegaram às 14:30 as luzes deixaram de avançar começando a diminuir de tamanho e intensidade (compatível com subida vertical)
4. Os 4 pontos (caças?) seguiram até à ultima posição onde se viru o enxame de "pirilampos" e aproximaram-se, tendo-se mantido nessa posição aproximada uns minutos
5. depois os 4 pontos clássicos começaram a deixar de se ver, se tentaram elevação ou mudança de rota não foi possível determinar. última posição vista dos pontos, 2 proximos e mais elevados e/ou distantes, dois abaixo formando (visualmente um triangulo a partir do ponto em que se observava
Contexto e participantes/testemunhas
Jantar no exterior
5 adultos, 35 a 47 anos 3 crianças/jovens 7 a 14 anos
Grau de formação de 11ª a MBA nos adultos, compatível com a idade nas crianças.
Adultos com algum álcool mas não o suficiente para alterar significativamente a percepção
Naturalmente nenhum álcool nas crianças e jovens
Fenómeno observado e confirmado por todos. Quer na descrição, quer nas posições e timings.
Gravação a transferir do telefone, mas penso que não activou modo nocturno, a ver o que se consegue observar.

Sugestão, verificar se houve alguma saída de caças (qualquer que tenha sido a justificação) com trajecto em direcção a oeste terminando talvez sobre o mar(?)
Numa noite tão quente é provável que no grande porto encontrem confirmação e quiçá gravação melhor.

Video do Sr. Miguel



Relato do Sr. Alexandre Silva em Fânzeres - Gondomar

Foi na passada noite do dia 6 de Julho de 2013 por volta das 22h30 em Fânzeres - Gondomar.
Encontrava-me na esplanada do café juntamente com familiares e conhecidos da zona.
Estava uma noite quente e abafada, encostei-me para trás na minha cadeira e olhei para o céu, foi então que me deparei com um pequeno aglomerado de luzes cintilantes juntas numa zona do céu, não emitiam um brilho constante como as estrelas, mas sim flashes ou seja piscavam.
Alertei os meus familiares perguntando o que seria, de imediato toda a gente naquela esplanada ficou a olhar para o céu estupefactos a apontar e a discutir o que seria, outras chamando pelas pessoas que se encontravam dentro do café para assistirem a aquele fenómeno.
Minutos depois começaram a aparecer mais e mais luzes pelo céu, espalhadas e sempre a piscar, umas em movimento, outras a emitir flashes coordenados como se fossem aquelas luzes das árvores de natal a um ritmo acelerado.
Foi um autêntico espectáculo de luzes, que foi ficando cada vez mais intenso chegando a cobrir quase todo o céu daquele ângulo de visão.
Após alguns minutos as luzes foram desaparecendo, umas deixaram de emitir luz outras foram desvanecendo em movimento para longe.
Eu e um familiar ainda tentamos captar o momento com os nossos telemóveis, mas infelizmente não tinham qualidade suficiente para captar aquelas luzes à distância e à noite.



Videos do Sr. Alexandre Silva


Relato do Sr. Carlos Gaspar em Baleia - Ericeira

Sinto-me na obrigação de partilhar e encontro-me ainda perplexo, perante aquilo que presenciei acompanhado pela minha esposa,  ontem dia 07/07/2013, pelas 23H10, na Baleia - Ericeira.

Estando no meu quintal com a luz apagada desfrutando de uma noite cristalina e quente, avistei  no céu umas luzes piscando em movimento, formavam um grupo longo e extenso, vinham do lado do mar, a norte da Ericeira, deslocando-se a uma velocidade cruzeiro  semelhante a vulgares aviões,  no entanto perante a quantidade de luzes (ultrapassando mais de cinco dezenas, no mínimo), tal fenómeno transcendia tudo aquilo já visto por mim!!

Importa dizer que tal 'espectáculo' tomou proporções para mim ainda maiores, quando  no preciso momento um avião comercial passou, na perpendicular das luzes e a uma altitude e velocidade já por si significativa, voava em direcção a Sul, enquanto que as luzes voavam em direcção a terra - Estas nitidamente a uma altitude  e velocidade superior ao avião comercial. É IMPOSSÍVEL QUE A TRIPULAÇÃO DESSA AERONAVE NÃO TENHA PRESENCIADO TAL FENÓMENO E MUITO MENOS PARTICIPADO ESTE FATO! De referir que nesse momento só era audível o ruído dos reactores da aeronave.

Este fenómeno, que durou cerca de cinco minutos, foi-se afastando até perder de vista, delimitado no final do conjunto por duas luzes piscando e afastadas significativamente uma da outra.

Considero-me uma pessoa objectiva e lúcida, conhecedora de pormenores em termos de aeronaves e afins, não sou de deitar conversa fora e muito menos de apresentar teorias descabidas, mas continuo a perguntar-me: QUE RAIO FOI ISSO?

Perante tanta curiosidade, acabei por deparar-me com este blog que vem de encontro ao fenomeno presenciado por mim e  pelos vistos não só!

QUE FIQUE REGISTADO! DOMINGO DIA  07/07/2013 - 23H10 - PASSARAM POR AQUI!!



Relato do Sr. Pedro Costa em Carvoeira - Mafra

Ontem, dia 7 de Julho de 2013, por volta das 23h00, na Carvoeira (Ericeira - Mafra), eu e mais 3 adultos e 3 crianças, avistamos um aglomerado de objetos voadores não identificados.
Os objectos pareciam estrelas, mas cerca de duas vezes maiores. Tinham uma luz branca a piscar, com uma frequência aproximada de um segundo acesa e um segundo apagada.
Seguiam a direção NNE para SSO.
Não me ocorreu conta-las, mas seriam entre 40 a 80 talvez.
Seguiam uma trajetória rectilínea, e estavam espaçadas entre elas, formando um efeito tipo enxame. A distância entre elas era constante.
A velocidade da deslocação era parecido com os aviões. Não consigo ter ideia a que altitude seguiam.
O episódio durou cerca de 3 a 5 minutos, desde aparecerem até desaparecerem.

O vosso blog foi o única sítio que encontrei uma descrição idêntica ao episódio a que assistimos.

Gostava de saber porque é que não há nenhuma informação sobre isto.
Alguém me pode dar uma explicação para este fenómeno?


Relato do Sr. Carlos Ferreira em Braga

Venho por este meio informar sobre a quantidade de objetos voadores não identificados que observei no dia 9 de Julho de 2013 ás 22:55.
Eu vinha de um café com uns meus familiares quando observei pela janela do carro mais de 50 pontos que piscavam no céu, e movendo-se de oeste para este a uma velocidade maior que os satélites ou aviões. Paramos o carro e observamos que eles piscavam entre tons de azul , vermelho, amarelo e verde.Eram bastantes e alguns faziam alguns movimentos estranhos. Eu já tinha visto algo parecido no dia  01-06-2013 mas eram mais pontos. Desta vez eram menos.Tentei captar em video o que vi mas a resolução da câmara não o permitia.
Queria ver se há alguma explicação plausível para isto!!!



Relato do Sr. Rui V. em Carvalhido - Porto

Deixo aqui o registo do fenómeno observado por mim e pela minha mulher na noite de 6 para 7 de julho, na cidade do Porto, na zona do Carvalhido.
Muito perto da meia-noite de sábado, 6 de julho, encontrava-me no andar superior da minha casa e ouvi um estampido ligeiro de foguete de fogo-de-artifício. Ao desviar o olhar para o local onde previsivelmente teria sido lançado, não vi presença de fumo mas constatei a presença das previsíveis “estrelas” que, ao contrário de descer, deslocavam-se na horizontal no sentido nascente-poente, e tinham cor azulada. Era uma "nuvem de estrelas" realmente estranha, o que me levou a pegar nos binóculos (10x30x50) e observar uma quantidade imensa de pontos luminosos, muito intensos, que piscavam alternadamente. Percorri a nuvem com os binóculo e detectei que na parte da frente seguiam 5 objectos luminescentes  alternando entre branco/azul/vermelho, e um deles estava mais baixo que os outros, o que me permitiu distinguir claramente a forma circular e quatro (ou cinco – nesta altura a batida cardíaca aumentou e tornou-se muito difícil firmar os binóculos) calotes esféricas na parte inferior. Todo o conjunto se deslocava a velocidade análoga à dos aviões em direcção a poente e, quase na vertical do local em que me encontrava, os 5 objetos luminosos colocaram-se a par e à direita da “nuvem”. O conjunto “parou” a 2 ou 3 graus à esquerda da estrela Arcturus (passavam perto de 20 minutos da meia-noite), e foi quando me lembrei de tirar uma fotografia (Canon Ixus V3, automática, e até o flash disparou). Aparentemente não registou nada mas, quando se faz a edição da fotografia (luminosidade, contraste e tonalidade de cor/filtro de vermelhos) constata-se a presença dos 5 objetos luminosos e de outros objectos de cor cinzenta que também observei com os binóculos (deslocavam-se em trajectórias rectilíneas, em todos os sentidos, mas dentro da “nuvem”).
A edição da fotografia foi feita por um amigo, astrónomo amador, cético em relação a estes fenómenos, e que me afirmou ter visto a nuvem mas que não ligou, até porque tinha ouvido uns foguetes, sendo a situação em tudo semelhante ao que se teria verificado no ano passado pela mesma altura.
Forneço mais alguns pormenores das observações feitas com binóculos:
- estava o conjunto “nuvem”/5 objectos luminosos quase na vertical do local em que me encontrava e partiu do meio da “nuvem” um sexto objecto que se dirigiu em direcção a sul, a muito grande velocidade e deixando um rasto luminoso (ainda colocámos a hipótese de ser um meteorito, mas seria demasiada coincidência);
- cerca das 0h30 um avião que se deslocava no sentido sul-norte passou por baixo da “nuvem”. Os objectos luminosos reduziram bastante a oscilação cromática. Confesso que ainda pensei identificar o voo através do Flightradar24 mas a atrapalhação e a vontade de não perder nada não o permitiram;
- a partir do referido momento fiquei com a ideia que os objectos estavam com movimento ascendente. Deixei de ver os 5 objectos mas a “nuvem” foi-se deslocando lentamente para norte e quando estava sob a Ursa Menor deixou de ser possível observar com detalhe porque estava muito afastada. Terminei a observação cerca da 1h15.
Sou um curioso da astronomia e estou muito familiarizado com máquinas, quer por formação quer por actividade profissional. Não enquadro nada do que observei em qualquer fenómeno ou actividade conhecidos. O local de observação não tem obstáculos num raio de 300 a 400 metros e está virado para nascente.
Rui V.

Com a cortesia do Sr. Bruno Santana 
https://www.facebook.com/pitch0/media_set?set=a.10201251772114285.1073741825.1171149807&type=1
Fotografado em 4 segundos! desapareceram logo.
A semana passada vi a primeira vez...e foi bem mais perto..mas so um. Hoje com a maquina fotografica...tirei nao a um...mas sim a 6. mas mais distantes. Se filmasse causaria outro impacto, mas so tive tempo de pegar na maquina e disparar.


Durante os restantes dias, puderam ser observados outros objectos sobrevoando o espaço aéreo Português, alguns dos quais a grande altitude. Grande parte, vindos de um grande flash a 90º à  vertical de Ferreira do Zêzere, enquanto outros vindos de várias direcções, mas todos se dirigiram em direcção Norte-Este de Portugal. Ao contrário do que muitas pessoas possam pensar, estes objectos que estão presentes desde o dia 29 e 1 deles desde o inicio do mês, que já foi observado 13 vezes, não são satélites Iridium, balões, aviões ou qualquer outro tipo de aeronave conhecida. Por várias vezes, têm trajectórias erráticas, fazem paragens estacionárias, mudam de emissão de luz, têm aumentos de velocidade etc. Para se certificarem, podem ter recurso às mensagens colocadas, das observações feitas em Ferreira do Zêzere, neste blog.

Video das centenas de "luzes" observadas em várias zonas de Portugal
Enviado pela Sra. Paula Amaro em Paranhos - Porto

No passado dia 06 do presente mês por volta da meia-noite, dirigi-me à varanda do meu quarto que se situa nas traseiras do prédio e quando olhei para NE vi uma grande massa de objetos cintilantes no céu. Essa massa movimentava-se lentamente em direcção a SW. Quando se aproximaram mais do meu prédio reparei que essa massa era acompanhada por 4 objectos esféricos de dimensões superiores que se movimentavam de uma forma diferente da restante massa. Este fenómeno teve a duração aproximada de 10 minutos. A massa cintilante acabou por abrandar e desaparecer enquanto os restantes 4 objectos se mantiveram no céu sempre em movimento no que me pareceu a mesma rota inicial.
Eu e o meu marido fizemos uma filmagem,  mas não é muito esclarecedora pois pensamos que a máquina de filmar não estava a captar qualquer imagem. Neste vídeo para além da massa cintilante aparecem 2 dos 4 objetos mencionados  atrás.
Achamos muito estranho que dada a dimensão do fenómeno não tenha sido registado em qualquer noticiário.
Pelas imagens que constam neste site os objectos que acompanhavam a massa cintilante são exactamente iguais, e existem imagens filmadas nos E.U.A no dia 04/07/13 com os mesmos objectos.

Video original


Video com o brilho aumentado

Lançamento de balões LED

Agora reparem nas diferenças que há, dos objectos para os balões





Se observou algo no dia 06 e 07 de Julho ou continua a observar, queira entrar em contacto com Ufo Portugal ufo_portugal@sapo.pt 

sábado, 6 de julho de 2013

5 ovnis dia 03.07.2013 Ferreira do Zêzere

Durante a vigila que decorreu das 22h00 ás 01h30, foram observados 5 objectos, 4 a grande altitude e 1 a baixa altitude.

Ovni ás 22h48

Foi observado um flash pulsante a grande altitude do qual se pode observar um objecto, quase imperceptível, que se movia lentamente de Oeste para Este, descrevendo viragens largas, como trajectória, na maioria do tempo. Deixou de ser observado em direcção ao espaço.

Fotografia do objecto

Video do objecto




OVET ás 22h57



Ovni às 23h11

Após un grande flash inicial, foi observado a cerca de 70º de inclinação do Ponto de observação, um objecto que emitiu flashs pulsantes e ocasionalmente alguns flashs vivos, dirigindo-se de Sul para Norte- Este, numa trajectória maioritariamente linear, deixou de ser observado em direcção ao espaço.

Fotografia do objecto

Video do objecto



Ovni ás 00h09

Após um grande flash inicial, á vertical do ponto de observação, foi observado um objecto que emitia após uma luz pulsante, um flash vivo, bem visivél a olho nu. O objecto dirigiu-se para Este-Norte-Este numa trajectória aparentemente linear, deixou de ser observado derivado à distância.

Fotografia do objecto

Video do objecto



Ovni às 00h33

Após um grande flash inicial, foi observado um objecto, do qual eram emitidos 3 flashs pulsantes sequenciais, seguidos de um flash grande. O objecto dirigiu-se a 75º a Oeste do ponto de observação, para Norte, numa trajectória linear, deixando de ser observado derivado á distância. Durante toda a observação não foi possível observar qualquer estrutura do objecto.

Outras observações do mesmo objecto:


12.06.2013 ás 23h12/23h46/00h04 

13.06.2013 ás 23h32
14.06.2013 ás 23h24
16.06.2013 ás 00h07/00h14/00h41
21.06.2013 às 23h43
23.06.2013 às 23h34
25.06.2013 às 23h50

Fotografia do objecto

Video do objecto



Um abraço

Carlos Lopes